LGPD – A importância da segurança de dados com os avanços tecnológicos

Com os avanços da tecnologia juntamente com os meios de comunicação, vem aquela simples pergunta: meus dados estão seguros?

Pois então, os números de ataques cibernéticos aumentaram muito nos últimos tempos, e vazamentos de informações prejudicam as empresas financeiramente e como elas são vistas no mercado. Com a entrada da Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD (2018), elas podem ser multadas se deixarem as informações de seus clientes vulneráveis, devido a esse fato é necessário investir em Segurança para proteger os Dados.

A lei ganhou bastante força nos últimos tempos, levando em consideração que o uso das tecnologias aumentou e os dados estão para todos os lados. Essa lei visa a proteção de dados e previu bases legais que são razões pelas quais as empresas podem realizar os tratamentos de dados, por exemplo: se é utilizado, armazenado, feito tráfego com os dados, se são feitas análises, então, qualquer tipo de manipulação de dados pessoais e empresariais são considerados tratamentos, e portanto devem atender as bases legais previstas na lei.

A LGPD trouxe uma série de mudanças para o mercado, porque ela previu determinadas obrigações e direitos dos titulares dos dados, e para isso as empresas estão se reorganizando para atender e se adequar legalmente.

Estar adequado, para evitar que tanto seus dados como as informações de seus clientes estejam vulneráveis, são algumas das providências que as empresas devem tomar para evitar violações à LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados.

Por isso, a providência inicial é a criação de um programa de proteção aos dados pessoais de usuários e outras medidas que podem envolver: a Política de Segurança da Informação, a Segurança para Dispositivos Móveis e de Serviços em Nuvem. ☁️

Para empresas que não podem investir muito dinheiro em softwares de segurança ou não contam com um suporte necessário, há formas básicas e com baixo investimento para proteger os dados dos clientes, como a criptografia. Apenas pessoas autorizadas conseguem decifrar os dados utilizando códigos de acesso restrito. ????

O objetivo da lei é disciplinar e regular o uso dos dados pessoais mantidos por empresas e órgãos públicos a fim de que se evitem abusos contra as pessoas que deixaram seus dados sob a sua guarda.

Como dito no inicio, o vazamento de informações de clientes, se for comprovado, pode comprometer a continuidade do negócio. ????

E aí, sua empresa já está regulamentada? Se você quer saber mais sobre o tema, reveja nossa live especial sobre LGPDhttps://www.instagram.com/tv/CXcUHUGAk_b/

Compartilhe esse conteúdo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redes sociais

Mais conteúdos para você

Blog Imoalert - Conteúdos do Mercado Imobiliário © 2024 Todos os direitos reservados.

Podemos ajudar?